O recém-nascido (RN) é um ser imaturo e todos os seus sistemas ainda estão amadurecendo. Isso vale, entre outras coisas, no controle da sua temperatura corporal. Mas diferente do que muitas pessoas acreditam, a temperatura normal do bebê é igual à de adultos e crianças mais velhas e varia entre 35,5ºC a 37,5ºC.

 

O que é diferente nos bebês recém-nascidos é que eles têm mais dificuldade de manter sua temperatura. Quando o ambiente está muito quente ele não consegue se resfriar até manter a temperatura normal e quando está frio ele não consegue se aquecer.

E agora?

 

Bebê dormindo tranquilo no baldinho ensaio newborn sis foto e design

 

Os pais devem prestar atenção na hora de vestir seus filhos e é comum eles terem dúvidas sobre o quanto agasalhar o bebê e podem acabar se enganando na medida. Quando o bebê está pouco agasalhado ele pode apresentar hipotermia e se ele estiver aquecido demais pode ter um superaquecimento. Essas duas condições podem ser perigosas para a saúde do bebê.

 

A temperatura anormalmente baixa pode aumentar o risco de problemas respiratórios, inflamação de garganta, aumento de secreção, lábios ressecados e hipotermia, um problema extremamente grave. Alguns sinais que o recém-nascido apresenta resfriamento do corpo são: agitação e choro, mãos e pés pálidos ou com coloração azulada ou arroxeada e respiração irregular e superficial. A temperatura dos pés e das mãos do bebê não é um bom parâmetro para avaliar se o bebê está sentindo frio pois eles são mais frios do que o restante do corpo. O ideal é sentir a temperatura do tronco do bebê.

 

Normalmente a preocupação com a perda de calor corporal é tão grande que os pais podem acabar agasalhando demais o bebê e levando ao superaquecimento, que pode causar desidratação e febre. Alguns sinais que podem indicar superaquecimento são choro excessivo, mãos, pés e cabeça quentes, vermelhidão da pele e suor.

 

Mas então qual será a medida correta? Uma boa dica é colocar no bebê recém-nascido uma camada a mais de roupa além da que os pais estão usando e não mais do que isso.

 

Se você gostou desse texto e acha que pode interessar outras grávidas ou mamães compartilhe com elas.

Bjos das SiS! 💛💛