A máscara cirúrgica é necessária durante o ensaio de recém-nascido?

A máscara cirúrgica é usada nos hospitais para proteger o profissional de saúde de transmissões dos pacientes. É um equipamento de proteção individual do profissional da saúde assim como a luva, a touca e os aventais.

Esses são itens que usamos nos hospitais para nos protegermos de uma potencial transmissão daquele paciente. Usamos máscara dentro do ambiente hospitalar por exemplo para me proteger quando cuido de um paciente com gripe.

Se o profissional da saúde estiver com gripe, ele não pode prestar assistência direta ao paciente, pois o risco de transmissão de gripe do profissional para o paciente é muito grande.

Trazendo esse raciocínio para o ensaio de recém-nascido, se eu usar máscara durante o ensaio, eu estou me protegendo do bebê. E não o contrário, que é o que imaginamos.

Se eu estiver gripada, não posso fazer ensaio de recém-nascido, mesmo com a máscara.

Como fazemos para proteger o bebê dos microrganismos que vivem na nossa boca?

Essa é uma dica para os pais, pois quando brincamos e conversamos com o bebê, não devemos direcionar nossa boca para o rosto do bebê e nem deixar muito perto. Afinal, olhos, nariz e boca do bebê são potenciais portas de entrada de microrganismos.

Se for conversar com o bebê, direcione a sua boca para longe dos olhos, nariz e boca.

Para concluir, a máscara cirúrgica não é necessária no ensaio de recém-nascido.

Gabi  – Enfermeira neonatal e fotógrafa de família e recém-nascidos do estúdio SiS foto e design.